A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z

Harvey Korman


Harvey Herschel Korman, nome artístico de Harvey Korman, naceu na cidade norte-americana de Chicago, Illinois, em 15 de fevereiro de 1927. Popular comediante veterano na TV norte-americana, com grande facilidade para caracterizações, que por uma década fez sucesso como excelente par no "The Carol Burnett Show" (1967). Entretanto suas tentativas para alçar vôo sozinho não lhe renderam bons resultados, à exceção de alguns filmes dirigidos por Mel Brooks.

Korman era um daqueles atores que reconhecíamos sempre — e sempre com grande entusiasmo — mas cujo nome, verdade seja dita, nem sempre nos ocorria de imediato: Harvey Corman nos deixa depois de uma longa e multifacetada carreira no cinema e, sobretudo, na televisão americana. A sua imensa popularidade nos EUA nasceu, no começo da década de 60, com as participações em 'The Danny Kaye Show', vindo a consolidar-se, a partir de 1967, com a sua inclusão no elenco de 'The Carol Burnett Show' — aí, o seu trabalho valeu-lhe quatro Emmys e um Globo de Ouro. Inesquecível um sketch, sobre a infidelidade conjugal, com Carrol Burnett e Harvey Corman. Seus diálogos com Tim Conway, tanto no programa de Burnett como no show do próprio Conway, são momentos clássicos do entertainment americano.

Korman participou também de alguns filmes da série "A Pantera Cor-de-Rosa" durante as décadas de 70 e 80 como um aliado do Inspetor Clouseau, o inventor de disfarces Auguste Balls. Atuou ainda em filmes como "Baseado em uma História Irreal" (1993) e "Assassinato na Rádio WBN" (1994). Uma de suas últimas aparições no cinema foi como um piradíssimo médico chefe de hospício, satirizando a personagem do doutor Jack Seward em "Drácula, Morto Mas Feliz" (1995). Apesar de ter aparecido mais algumas vezes em filmes e seriados, passou a se dedicar mais a seu talento de dublador emprestando a sua voz a vários desenhos e animações no fim dos anos 90. Korman deu voz a 'The Great Gazoo', na série 'The Flintstones' (1965-66).

No cinema, destacam-se as suas participações em quatro filmes de Mel Brooks, incluindo "Banzé no Oeste" (1974) e "Alta Ansiedade" (1977). Em 1974, ele conheceu Mel Brooks no filme "Banzé no Oeste" quando interpretou o vilão "Hedley Lamarr". A personagem de Harvey Korman resmungava sempre: "It's Not Heddy! It's Hedley! Hedley Lamarr!" Após esse encontro, Harvey passou a integrar a equipe de Mel Brooks ao lado de grandes nomes da comédia como Madeline Kahn, Gene Wilder, Cloris Leachman, Dom DeLuise, Marty Feldman e Kenneth Mars. O comediante faleceu vítima da ruptura de um aneurisma abdominal, aos 81 anos, em 29 de maio de 2008.

Veja outra foto de Harvey Korman


Filmografia
1967: Três Dentadas na Maçã (Three Bites of the Apple).....Mais informações
1968: Por Um Corpo de Mulher (Don't Just Stand There)
1969: Um Dia em Duas Vidas (The April Fools).....Mais informações
1974: As Aventuras de Huck Finn (Huckleberry Finn)
1974: Banzé no Oeste (Blazing Saddles).....Mais informações
1977: Alta Ansiedade (High Anxiety)
1981: História do Mundo Parte I (History of the World: Part I)
1983: Carona da Fortuna (Carpool)
1983: A Maldição da Pantera Cor-de-Rosa (Curse of the Pink Panther).....Mais informações
1985: Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland)
1986: O Azarão (The Longshot)
1987: Os Munchies (Munchies)
1988: Loucademia de Trânsito (Driving Academy/Crash Course)
1993: Baseado numa História Irreal (Based on an Untrue Story)
1995: Dracula - Morto Mas Feliz (Dracula: Dead And Loving It).....Mais informações
2000: Os Flintstones em Viva Rock Vegas (The Flintstones in Viva Rock Vegas)


BR Busca JS - Busca
Banco de Dados
Para uma resposta mais rápida, utilize aspas na consulta, exceto quando tiver dúvida com relação à grafia do nome
• fechar janela •
Madeline Kahn e Harvey Korman em "Banzé no Oeste" (1974)