A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z


Artista dos palcos da Broadway e do cinema norte-americano, nascida em Washington, D.C., no dia 10 de outubro de 1900, popular atriz de origem judaica consagrada por sua participação em "O Pecado de Madelon Claudet" (The Sin of Madelon Claudet), que rendeu-lhe o Oscar de melhor atriz em 1932. Na ocasião da cerimônia, ela estava em meio as filmagens de "Adeus às Armas" (A Farewell to Arms), ao lado de Gary Cooper. Quando a atriz apareceu nos estúdios no dia seguinte e Cooper pediu-lhe para ver o troféu, ela descobriu que não sabia onde havia deixado a estatueta. Depois de uma procura frenética, ele foi encontrado no porta-malas do carro de seu marido.

Em 1970, Helen voltaria a merecer o troféu, desta vez como melhor coadjuvante, ao atuar em "Aeroporto" (Airport, ao lado de Dean Martin e Burt Lancaster). Considerada a primeira dama do teatro americano, com duas casas de espetáculos na Broadway identificadas com seu nome, Helen Hayes Brown estreou nos palcos ainda criança, tendo trabalhado durante 70 anos. Na televisão, contracenou com Fredric March e Claudette Colbert em "The Royal Family", pela CBS, em 1954. Em 1955, à cores pela NBC, fez "The Skin of Our Teeth", com Mary Martin. Pela mesma rede, estreou em 1958 a série "Omnibus", interpretando Mrs. McThing.

Já na década de 70, ao lado de Mildred Natwick, Helen transforma-se na grande detetive da TV norte-americana, ao apresentar-se em "The Snoop Sisters", pela NBC. Seu filho, James MacArthur, destacou-se também em diversas participações no cinema e na televisão ("Havaí 5-0"). Casada durante 28 anos com Charles MacArthur, famoso co-autor de peças e filmes como "Última Hora" e "Suprema Conquista", Helen escreveu "A Gift of Joy", um carinhoso e comovente retrato do marido. Trecho: "...um jovem bonito se aproximou de mim com um saquinho de amendoim na mão e perguntou: "Quer um amendoim?" Eu me espantei, mas respondi: "Aceito, obrigada". Ele despejou vários amendoins na minha mão, sorriu para mim e disse: "Quisera que fossem esmeraldas". Anos depois, lamentavelmente, eu contei esse episódio a um jornalista que me entrevistou em Hollywood - e ele foi repetido tantas vezes que quase levou Charlie à loucura. Tanto que, quando voltou de uma longa viagem ao estrangeiro, trouxe-me um saquinho de esmeraldas. "Quisera que fossem amendoins", disse".

Hayes começou a carreira no teatro em tenra idade. Ela disse que sua estreia nos palcos foi aos 5 anos de idade cantando no Washington Belasco Theatre (na Lafayette Square, em frente à Casa Branca). Aos dez anos de idade, ela fez um curta-metragem chamado "Jean e a chita Doll", mas só se mudou para Hollywood quando seu marido, o dramaturgo Charles MacArthur, assinou um contrato no cinema. Ela frequentou a Academia do Convento do Sagrado Coração, em Washington e se graduou em 1917. Três anos depois já estava na Broadway e teve uma carreira teatral brilhante por mais de 60 anos.

Sua estreia no cinema sonoro foi em "O Pecado de Madelon Claudet", com o qual ganhou o Oscar de melhor atriz. Em seguida participou de filmes como "Médico e Amante" (com Myrna Loy); "Adeus à Armas" (com o ator Gary Cooper, a quem Hayes admitiu ter achado extremamente atraente); "The White Sister"; "What Every Woman Knows" (a reprise de seu sucesso da Broadway); e "Vanessa: Her Love Story". No entanto, ela nunca se tornou uma atriz favorita entre os fãs e por achar o teatro mais sedutor, decidiu voltar aos palcos. Conhecida como "a primeira-dama do teatro americano", Hayes foi uma das onze pessoas a receber todos os mais importantes prêmios da indústria do entretenimento de seu país (Emmy, Grammy, Oscar e Tony).

Helen só fora morar em Hollywood para acompanhar o marido, contratado pela MGM. Quando Irvin Taubert finalmente a convenceu a participar de um filme falado, ela começou a trabalhar em "O Pecado de Madelon Claudet", mas rapidamente descobriu que o roteiro era ridículo. MacArthur trabalhou nele pessoalmente, mas continuava tão ruim que parecia que Louis B.Mayer acabaria por cancelar todo o projeto. Taubert, então, decidiu refilmar algumas cenas e, quando foi reeditado, o filme estava muito melhor. Até Mayer chegou a chorar nos momentos esperados. Depois, em vez de voltar para a Broadway, Helen recebeu convites de todos os estúdios.

A atriz faleceu aos 92 anos, em 17 de março de 1993. A atriz faleceu devido a insuficiência cardíaca e pouco tempo depois da morte de Lillian Gish, que fora sua amiga por décadas. Gish deixou Hayes como beneficiária de sua propriedade, mas Hayes sobreviveu apenas um mês após sua. Helen Hayes foi sepultada no cemitério de Oak Hill em Nyack. As luzes da Broadway foram diminuídas por um minuto, às 8:00 horas do dia em que ela morreu.

Veja outra foto de Helen Hayes


Filmografia
1931: Médico e Amante (Arrowsmith)
1932: O Pecado de Madelon Claudet (The Sin of Madelon Claudet)
1932: Adeus às Armas (A Farewell to Arms).....Mais informações
1932: Canção do Oriente (The Son-Daughter)
1933: Depois da Lua de Mel (Another Language)
1933: Asas da Noite (Night Flight)
1933: A Irmã Branca (The White Sister).....Mais informações
1934: Crime Sem Paixão (Crime Without Passion)
1934: O Valor das Mulheres (What Every Woman Knows)
1935: Vanessa - Seu Drama de Amor (Vanessa: Her Love Story)
1943: Noivas de Tio Sam (Stage Door Canteen)
1952: Não Desonres o Teu Sangue (My Son John)
1953: A Rua Encantada (Main Street to Broadway).....Mais informações
1956: Anastácia, a Princesa Esquecida (Anastasia).....Mais informações
1959: O Terceiro Homem na Montanha (Third Man on the Mountain)
1970: Aeroporto (Airport).....Mais informações
1971: Não Dobre, Não Enrole, Não Mutile (Do Not Fold, Spindle or Mutilate)
1974: As Novas Aventuras do Fusca (Herbie Rides Again)
1978: Está Faltando um de Nossos Dinossauros (One of Our Dinosaurs is Missing)
1978: Candleshoe, o Segredo da Mansão (Candleshoe).....Mais informações
1983: Mistério no Caribe (A Caribbean Mistery)
1984: O Homem que Veio do Céu (Highway to Heaven)
1985: Assassinato pelo Espelho (Murder with Mirrors)


BR Busca JS - Busca
Banco de Dados
Para uma resposta mais rápida, utilize aspas na consulta, exceto quando tiver dúvida com relação à grafia do nome
Helen Hayes
  Se você gostou, compartilhe esta página no Facebook
• fechar janela •