A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z

Homero Silva


Radialista e político, tornou-se o primeiro apresentador de televisão na América do Sul, ao participar das cerimônias de inauguração da PRF-3 TV Tupi-Difusora de São Paulo e, a seguir, com o primeiro programa a ser transmitido ao público, "TV na Taba", às 21 horas do dia 18 de setembro de 1950. Homero recebia dois convidados, explicando-lhes a utilidade da TV: levava cantores para dentro dos lares (nesse trecho apareceu Lolita Rodrigues cantando o "Hino da Televisão"), mostrava momentos cômicos (apresentou-se Mazzaropi), esporte (com Aurélio Campos falando sobre futebol) e teatro (comentários de Lima Duarte e Walter Foster). Quando terminou o programa, às 23 horas, a equipe da Tupi, que ensaiara durante vinte dias, defrontou-se com um dilema: o que fazer no dia seguinte? Nada havia sido preparado.

Homero fez um concurso de locutor na Rádio Tupi de São Paulo, e passou, pois era dono de uma voz bonita e marcante. E aí começou a carreira que, se não única, foi a mais importante de sua vida. Logo chegou a diretor da emissora. É preciso lembrar que seu grande sucesso deu-se à apresentação do programa infantil "Clube do Papai Noel" , onde ele era tão querido que as crianças o chamavam de "Papai Noel". Nesse programa iniciaram a carreira artística: Hebe Camargo, Erlon Chaves, Wilma Bentivegna, Wanderley Cardoso, Vida Alves, e muitos outros. Foi um acontecimento esse programa que começou na rádio e, mais tarde, transferiu-se para a televisão. Homero Silva, aliás, foi escolhido para ser o primeiro locutor, aquele que apresentou a PRF3-TV Tupi, aos telespectadores, no lançamento da primeira emissora de televisão da América Latina.

Em 1952, ia ao ar o "Clube Papai Noel", outra grande atração da Tupi sob o seu comando. Ao lado de Flora Geni, participou da novela de Jota Silvestre "Os Desaparecidos", transmitida pela Tupi em 1955. Em 1956, pela mesma emissora, foi o principal intérprete, ao lado de Márcia Real, de "A Cruz do Meu Rosário", novela de Silvia Ivone. Seguiu-se "Crepúsculo", novela de Vida Alves estrelada também por Jaime Barcelos e a própria autora da obra. Em 1957, circulava o primeiro número do jornal da juventude, intitulado "Pia" e sob a direção do radialista. Ao longo da década, Homero Silva tornou-se uma figura tradicional ao animar as programações de domingo no vídeo paulista. Posteriormente, ele entrou para a política e conseguiu eleger-se vereador por duas vezes e outras duas como deputado estadual. O artista faleceu aos 63 anos 19 de setembro de 1981.

Veja outra foto de Homero Silva

BR Busca JS - Busca
Banco de Dados
Para uma resposta mais rápida, utilize aspas na consulta, exceto quando tiver dúvida com relação à grafia do nome
• fechar janela •
Homero Silva e Assis Chateaubriand na inauguração da TV Tupi (1950)