A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z

Irving Berlin


Compositor russo de nascimento e responsável por obras memoráveis, entre elas, "God Bless America", que se tornou um hino americano alternativo, e "Annie Get Your Gun", cujas composições ele criou em apenas um final de semana. Berlin construiu um teatro na Broadway em 1924 e foi responsável por musicais de sucesso, com coristas, cenários e orquestra. Com a implantação do cinema sonoro em 1927, as grandes estrelas da Broadway foram chamadas a Hollywood e ele também para lá seguiu, criando as músicas para "O Cantor de Jazz" (The Jazz Singer), o primeiro filme falado, e para a estreia de Bing Crosby nas telas.

Compôs para várias estrelas e permaneceu na Califórnia durante anos, casando-se e tendo três filhas. Conservava, entretanto, seu estilo bastante reservado, se fechando completamente do mundo exterior. Em 1929, fez as canções para "Puttin'on the Ritz", filme que falava dos problemas do Harlem. Fred Astaire gravou a música-tema e tornou-se seu grande amigo e parceiro em diversos trabalhos levados às telas. Berlin compunha em vários estilos, com melodias sofisticadas e diferentes. Em 1938, com o patriotismo em alta, compôs "God Bless America", dedicado ao dia do armistício.

Berlin foi homenageado com uma medalha de ouro pelo presidente Eisenhower. Ele produziu "Forja de Heróis" (This Is the Army) em 1942 e, na noite de estreia na Broadway, foi aplaudido de pé por dez minutos ao aparecer, no segundo ato, caracterizado de soldado para cantar "Oh, How I Hate to Get Up in the Morning". Após curta temporada, o musical, uma versão patriótica que se destinava a estimular os ânimos das tropas durante a II Guerra, partiu em turnê pelos campos de batalha europeus. A guerra fez com que a empreitada se tornasse uma aventura perigosa, exaustiva e emocionante. Berlin contava com 53 anos ao se alistar. Em 1943, a obra foi transformada em filme de sucesso, estrelado por Ronald Reagan.

Com o final da guerra, Berlin voltou para Hollywood e criou "White Christmas", um musical estrelado por Bing Crosby e com o qual ganhou o Oscar de melhor trilha sonora. Em 1945, substitui Jerohme Kern na montagem teatral "Annie Get Your Gun" e inclui a maior quantidade de sucessos numa mesma obra. Transformada em filme estrelado por Judy Garland, esta é substituída por Betty Hutton. Na Broadway, o papel fora de Ethel Merman, para quem Berlin depois fez "Call Me Madam", em 1950, outro sucesso sem precedentes. Na época, Rodgers e Hammerstein eram seus grandes rivais e também responsáveis por diversas peças de sucesso, o que incomodava Berlin.

Em 1954, ele entrou em evidência novamente ao lançar novas versões de "White Christmas" e "Annie Get Your Gun". Mas, em fins da década de 50, por não acompanhar os tempos, entra num período de decadência e, depois de seu fracasso na Broadway, com o musical "Mr. President", em 1962, passa a viver na obscuridade. Retirou-se da vida artística e optou por levar uma vida reclusa, sendo seu único contato com o mundo exterior o telefone. Sua filha, Mary Ellian Barrett, lançou "Irving Berlin: A Daughter's Memoir", onde ela relata a vida do artista e, entre outras coisas, descreve um homem que, apesar da vida familiar feliz e de décadas de triunfo profissionais, sofria com insegurança, insônia crônica e depressão.

Ele transpirava sangue para compor, considerando um calvário os momentos de inspiração. Mesmo nas épocas mais tranquilas, tinha em mente o inconstante gosto do público. Uma de suas expressões favoritas era uma advertência: "Não conte com isso". Numa carreira de seis décadas de sucesso, suas composições são consideradas um legado que exalta a cultura americana. Cinco filmes que se tornaram clássicos são recheados da melhor música de Berlin: "Epopeia do Jazz", "Sucedeu no Carnaval", "Sua Excelência, a Embaixatriz", "Avenida dos Milhões" e "Duas Semanas de Prazer" (com Crosby interpretando "White Christmas"). Berlin faleceu aos 101 anos, em 1989.

Veja outra foto de Irving Berlin

BR Busca JS - Busca
Banco de Dados
Para uma resposta mais rápida, utilize aspas na consulta, exceto quando tiver dúvida com relação à grafia do nome
• fechar janela •