A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z


Jane Wyman, nome artístico de Sarah Jane Mayfield Fulks, nasceu na cidade norte-americana de St. Joseph, Missouri, em 4 de janeiro de 1914. Foi premiada com o Oscar de Melhor Atriz por sua atuação no filme "Belinda" (1948), passando a ser a única esposa de um presidente americano (Ronald Reagan) a receber esse tipo de premiação. Wyman iniciou uma carreira como cantora de rádio, sob o pseudônimo de Jane Durrell. Entre 1932 e 1936, apareceu em cerca de quinze filmes produzidos pelos mais diversos Estúdios, interpretando pequenos papéis ou como extra. Ainda em 1936, ao assinar um contrato com a Warner Bros, agora usando o nome artístico de Jane Wyman, passou a aparecer em filmes "A" e "B" dessa produtora, inclusive dois com seu futuro marido, Ronald Reagan.

Filha da obscura atriz do cinema mudo Lejerne Pichelle, ainda chegou a fazer testes cinematográficos com a mãe em 1921, mas os produtores consideraram que lhe faltava presença. Regressou ao mundo artístico em 1932, onde, sob o nome de Jane Durrell, se tornou uma cantora de rádio. Foi chamada a Hollywood para estrear num minúsculo papel na comédia "Toureiro À Força", em 1932. Em 1937, conseguiu seu primeiro papel principal, em "Public Wedding", e depois de uma série de participações pouco significativas, teve o seu primeiro papel de protagonista em "O Rei e a Corista", em 1937.

Nascida no Missouri, ela havia começado sua carreira como cantora de rádio e fez sua primeira aparição no cinema como corista no musical "O Rei dos Empresários" ("King of Burlesque") em 1935. No ano seguinte, assinou contrato com o estúdio Warner Bros. Seu primeiro papel, pequeno, foi em "Cavadoras de Ouro" (1933). Inicialmente moldada como uma loira atrevida e às vezes desbocada, Wyman passou uma década entre filmes B e pontas em grandes produções. Mas, em 1945, chamou a atenção por seu papel como namorada de um alcoólatra no drama "Farrapo Humano", de Billy Wilder. Depois disso, Wyman apareceu mais como morena e com cabelos curtos.

Jane Wyman conheceu o ainda ator Ronald Reagan durante as filmagens de "O Diabo São os Rapazes", em 1938, com quem contraiu matrimônio dois anos depois. Ela foi a primeira mulher do ex-presidente dos Estados Unidos, Ronald Reagan, com quem esteve casada de 1940 a 1948. Ronald Reagan foi o terceiro marido da atriz, e o único com o qual teve filhos, dois biológicos e um adotivo. A filha Maureen Reagan é cantora e atriz de TV.

Nos anos 40 e 50, Wyman tornou-se uma das estrelas mais requisitadas pelos grandes diretores de Hollywood: o seu primeiro intenso trabalho dramático foi ao lado de Ray Milland, em "Farrapo Humano", em 1945, chamando a atenção do público e da crítica. Com o filme juvenil "Virtude Selvagem", 1946, recebeu a sua primeira indicação ao Oscar de Melhor Atriz por uma mulher do campo, mãe de um rapaz que estabelece uma grande amizade com um cervo. Perdeu a estatueta para Olivia de Havilland por seu trabalho em "Só Resta uma Lágrima".

A atriz não teve que esperar muito pela consagração: o papel de uma surda-muda que sofre uma violação em "Belinda", 1948, valeu-lhe o Oscar de Melhor Atriz. No mesmo ano, divorciou-se de Reagan. Apesar disso, o prêmio proporcionou-lhe a possibilidade de trabalhar com os diretores mais credenciados da época, como Alfred Hitchcock, em "Pavor nos Bastidores", 1950, e Frank Capra, em "Órfãos da Tempestade", 1951). Na década de 50, o melodrama foi o seu principal campo de trabalho: obteve indicações ao Oscar por "Ainda há Sol em Minha Vida", 1951, e "Sublime Obsessão", 1954, e reconhecimento da crítica especializada por "Tudo que o Céu Permite", 1955.

Os sucessivos escândalos pessoais e divórcios prejudicaram bastante sua carreira: na década de 60, participou apenas em três filmes, o último dos quais marcaria a sua despedida do cinema: "Como Cometer Um Casamento" (1969), uma medíocre comédia em que contracenou com o humorista Bob Hope. A partir daí, encontrou refúgio na televisão, onde, entre outros trabalhos, protagonizou a série "Falcon Crest" (1981-90) encarnando uma matriarca milionária e sem escrúpulos que luta por manter um império vinhateiro.

Wyman era mãe adotiva de Michael Reagan, locutor de programa de entrevistas radiofônicas. Seu nome foi mudado para "Jane Faulks" quando foi adotada pela família Faulks, vizinhos de meia-idade de sua mãe solteira. Mudou-se para o sul da Califórnia com a Sra. Faulks quando ela ficou viúva em 1928. A atriz tinha se afastado do cinema desde 1993. Jane Wyman faleceu aos 93 anos, vitimada por uma artrite e diabetes, em 10 de setembro de 2007.


Filmografia
1932: Toureiro À Força/Meu Boi Morreu (The Kid From Spain)
1933: De Bom Tamanho (Elmer, the Great)
1933: Cavadoras de Ouro (Gold Diggers of 1933)
1934: Bons Tempos (Harold Teen)
1934: Mocidade e Música (College Rhythm)
1935: Os Cavaleiros do Rei (All the King's Horses)
1935: Escândalos na Broadway de 1935 (George White's 1935 Scandals)
1935: Harmonia Roubada (Stolen Harmony)
1935: Esperanças Perdidas (Broadway Hostess)
1935: Rumba (idem)
1936: O Rei dos Empresários (King of Burlesque)
1936: Amor de Calouro (Freshman Love)
1936: Fuzarca a Bordo (Anything Goes)
1936: Tigre de Bengala (Bengal Tiger)
1936: Irene, a Teimosa (My Man Godfrey)
1936: Caprichos de Estrela (Stage Struck)
1936: Cain e Mabel (Cain and Mabel)
1936: Campeão de Polo (Polo Joe)
1936: Cavadoras de Ouro de 1937 (Gold Diggers of 1937)
1937: Alta Tensão (Slim)
1937: Cancioneiro Naval (The Singing Marine)
1937: O Preço da Fama (Mr. Dodd Takes the Air)
1937: Uma Loura Sabida (Smart Blonde)
1937: Amores de Opereta (Ready, Willing and Able)
1937: O Rei e a Corista (The King and the Chorus Girl)
1938: O Diabo São os Rapazes/Os Cadetes do Barulho (Brother Rat)
1938: Reviravoltas da Sorte (The Spy Ring)
1938: Escândalos de Amor (Fools for Scandal)
1938: Um Fanfarrão das Arábias (Wide Open Faces)
1938: Fibra de Campeão (The Crowd Roars)
1939: Rainhas do Ar (Tail Spin)
1939: Campeão Gozado (The Kid from Kokomo)
1939: Torchy Brinca com Fogo (Torchy Blane.. Playing with Dynamite)
1939: Murros e Solfejos (Kid Nightingale)
1939: Detetive Particular (Private Detective)
1940: Cadetes em Apuros (Brother Rat and a Baby)
1940: Anjos da Terra (Flight Angels)
1940: Quando a Mulher é Valente (Tugboat Annie Sails Again)
1941: Lua de Mel para Três (Honeymoon for Three)
1941: Pode Ser... Ou Está Difícil? (You're in the Army Now)
1941: Três Homens Maus (Bad Men of Missouri)
1942: Vale a Pena Roubar? (Larceny, Inc.)
1942: Minha Espiã Favorita (My Favorite Spy)
1942: Rapsódia da Ribalta (Footlight Serenade)
1943: Sua Alteza Quer Casar (Princess O'Rourke)
1944: Esposas Solteiras (The Doughgirls)
1944: Uma Noite Trágica (Crime by Night)
1944: Um Sonho em Hollywood (Hollywood Canteen)
1945: Farrapo Humano (The Lost Weekend).....Mais informações
1946: Virtude Selvagem (The Yearling).....Mais informações
1946: Canção Inesquecível (Night and Day)
1946: Entre Dois Corações (One More Tomorrow)
1947: Cidade Mágica (Magic Town)
1947: Covil do Diabo (Cheyenne)
1948: Belinda (Johnny Belinda).....Mais informações
1949: Um Beijo no Escuro (A Kiss in the Dark)
1949: Até Parece Mentira (The Lady Takes a Sailor)
1949: Mademoiselle Fifi (It's a Great Feeling)
1950: Pavor nos Bastidores (Stage Fright).....Mais informações
1950: Algemas de cristal (The Glass Menagerie)
1951: Órfãos da Tempestade (Here Comes the Groom)
1951: Ainda há Sol em Minha Vida (The Blue Veil).....Mais informações
1951: Os Três Xarás (Three Guys Named Mike)
1951: Estrelas em Desfile (Starlift)
1952: Filhos Esquecidos (Just for You).....Mais informações
1952: A História de Will Rogers (The Story of Will Rogers)
1953: Meu Filho, Minha Vida (So Big)
1953: A Meia-Noite do Amor (Let's Do It Again)
1954: Sublime Obsessão (Magnificent Obsession)
1955: Lucy Galante (Lucy Gallant).....Mais informações
1955: Tudo que o Céu Permite (All that Heaven Allows).....Mais informações
1956: O Amor Nunca Morre (Miracle in the Rain)
1959: Amantes em Férias (Holiday for Lovers)
1960: Pollyanna (idem)
1962: Bon-Voyage, Enfim Paris (Bon Voyage!).....Mais informações
1969: Como Cometer Um Casamento (How to Commit a Marriage).....Mais informações
1979: A Incrível Jornada da Dra. Meg Laurel (The Incredible Journey of Doctor Meg Laurel)


BR Busca JS - Busca
Banco de Dados
Para uma resposta mais rápida, utilize aspas na consulta, exceto quando tiver dúvida com relação à grafia do nome
Jane Wyman
  Se você gostou, compartilhe esta página no Facebook
• fechar janela •