A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z


Janet Leigh, nome artístico de Jeanette Helen Morrison, nasceu em 6 de julho de 1927, na cidade de Merced, Califórnia. Sua carreira no cinema deve-se à beleza: indicada para trabalhar em uma agência de talentos, conseguiu em pouco tempo seu primeiro contrato. Começou na MGM, ganhando US$ 50 por semana. Famosa ao interpretar a mulher esfaqueada no chuveiro por Anthony Perkins em "Psicose", de Alfred Hitchcock, em 1961. Janet Leigh passou muito tempo com medo de tomar banho sozinha depois que sua personagem, Marion Crane, é brutalmente assassinada em uma das cenas de maior notoriedade do cinema americano. O grande sucesso de Alfred Hitchcock, colocou a atriz como a primeira protagonista que morria no meio do filme. A inovação do mestre do suspense marcou uma época e segue sendo copiada infinitamente, anos depois.

Pouco antes de morrer, a atriz expressou sua admiração com o trabalho executado na famosa cena de "Psicose". "Acho aquela tomada extraordinariamente bem feita", frisou Leigh. "Nós não tínhamos permissão de mostrar a nudez, ou mesmo a faca entrando no corpo da vítima, no entanto, as pessoas acreditaram na cena... Eles a elaboraram em sua imaginação. Acho que desafios como este, em que há restrições do que pode se mostrar, são ótimos porque forçam os cineastas a serem mais criativos", destacou Leigh.

Apesar de ter realmente sido alçada à fama depois de sua atuação em "Psicose", Janet Leigh era uma atriz de carreira estável em Hollywood. Sem escândalos ou excentricidades, ela passou pelos principais estúdios, atuando em musicais, comédias e westerns. Foi nos sets de filmagem que conheceu seu marido mais notório, o também ator Tony Curtis, com quem se casou em 1951. É dessa união que nasceram suas duas únicas filhas - Kelly e Jamie Lee Curtis. Jamie Lee se tornou atriz, como os pais. Em "Halloween H20 - Vinte Anos Depois", ela divide a cena com a mãe, numa clara homenagem à veterana atriz.

Antes do casamento com Curtis, ela já havia se casado duas outras vezes. Mas foi com o ator que ela se tornou figura constante nas revistas de celebridades, principalmente porque os dois estavam com suas carreiras em ascensão e chegaram a trabalhar juntos em muitos filmes. Logo após o divórcio, em 1963, Leigh casou-se novamente. O escolhido foi Robert Brand, com quem a atriz viveu até o último dia de sua vida.

Janet era filha única e começou a mudar de casa muito cedo com os seus pais. Inteligente e afoita, salta vários anos na escola e acaba o secundário com apenas quinze anos. Um pouco solitária, passava a maior parte do seu tempo no cinema. Depois de se mudar para Stockton, na California, foi estudar música e psicologia na Universidade do Pacífico.

Os pais trabalhavam num resort de ski, quando a ex-atriz da MGM Norma Shearer viu uma fotografia de Jeanette na recepção do resort, local de trabalho do pai. Norma levou a fotografia para os estúdios. Lá, arranjaram-lhe um screen test e um primeiro papel em "Reconciliação" (1947). Foi neste drama passado após a guerra civil americana, em que contracenou com Van Johnson, que o público teve pela primeira vez contato com a atriz.

Segundo se conta, foi Van Johnson que inventou o nome pelo qual Jeanette Morrison viria a ser conhecida artisticamente - Janet Leigh. Esta, a início, não gostou da ideia, por ser demasiado semelhante ao nome da atriz Vivien Leigh. Ainda na MGM fez "Inverno D’Alma" de Victor Saville, na qual desempenhava o papel de um jovem grávida de um soldado que parte para a guerra e que é acolhida por um homem casado e infeliz. "Minha Vida é Uma Canção" de, 1948 seria o seu terceiro filme: uma biografia sobre os compositores Rodgers e Hart, onde contracenava com nomes como Judy Garland, Mickey Rooney e Gene Kelly.

Foi no final dos anos 40, também uma época da transformação do studio system, que Janet Leigh foi construindo uma imagem de menina ingênua. Com 20 anos contracena com Robert Ryan e Van Heflin em "Ato de Violência" de Fred Zinemann, um melodrama sobre um ex-soldado que após a guerra tenta vingar-se de um informante de um dos campos de prisioneiros. Ainda no mesmo ano de 1948, protagoniza um dos filmes da popular cadela Lassie, "O Mundo de Lassie".

Além de "Psicose", outras produções podem mostrar a versatilidade de Janet Leigh, uma das poucas atrizes que não ficou atada a estereótipos no cinema hollywoodiano. Ela trabalhou também com diretores importantes, como Melvin LeRoy, Orson Welles e Anthony Mann. Entre seus filmes mais famosos estão "Quatro Irmãs", "O Preço de um Homem" e "A Marca da Maldade", entre outros.

Apesar de nunca ter sido um mito dentro do sistema de Hollywood, Leigh teve carreira duradoura. Talvez por esse mesmo motivo, tenha conseguido maior espaço para atuar em produções de diferentes gêneros. Quando sua Marion Crane apareceu nas telas, a imagem da atriz não estava presa a nenhuma outra personagem forte. Mas nem por isso, sua atuação nas telas anteriormente fora mediana. Janet Leigh faleceu em Beverly Hills, aos 77 anos, em 3 de outubro de 2004. A atriz morreu em sua casa, de vasculite (inflamação nos vasos sanguíneos), doença que vitimava a atriz há mais de um ano.

Veja outra foto de Janet Leigh


Filmografia
1947: Reconciliação (The Romance of Rosy Ridge)
1947: Inverno D’Alma (If Winter Comes)
1948: Ato de Violência (Act of Violence)
1948: Minha Vida é Uma Canção (Words and Music).....Mais informações
1948: O Mundo de Lassie (Hills of Home)
1949: O Ideal de uma Vida (The Doctor and the Girl)
1949: A Glória de Amar (That Forsythe Woman).....Mais informações
1949: Duas Vidas se Encontram/Um Caso de Feriado (Holiday Affair)
1949: Quatro Destinos (Little Women).....Mais informações
1949: O Danúbio Vermelho (The Red Danube)
1951: No Palco da Vida (It's a Big Country)
1951: Será Pecado? (Strictly Dishonorable)
1951: Anjos e Piratas (Angels in the Outfield)
1951: Vinho, Mulheres e Música (Two Tickets to Broadway)
1952: Meu Amigo, o Leão (Fearless Fagan)
1952: Scaramouche (idem)
1953: Houdini, o Homem Miraculoso (Houdini).....Mais informações
1953: O Preço de Um Homem (The Naked Spur).....Mais informações
1953: Tudo por Você (Confidentially Connie)
1953: Que Delícia, O Amor (Walking My Baby Back Home)
1954: Escudo Negro de Falworth (Black Shield of Falworth)
1954: A Farra dos Malandros (Living it Up).....Mais informações
1954: Pecado e Redenção (Rogue Cop)
1954: Príncipe Valente (Prince Valiant).....Mais informações
1955: A Taverna Maldita (Pete Kelly's Blues).....Mais informações
1955: Jejum de Amor (My Sister Eillen).....Mais informações
1956: A Morte Espreita na Floresta (Safari).....Mais informações
1957: Estradas do Inferno (Jet Pilot)
1958: De Folga para Amar (The Perfect Furlough).....Mais informações
1958: A Marca da Maldade (Touch of Evil).....Mais informações
1958: Os Vikings/Vikings, os Conquistadores (The Vikings).....Mais informações
1960: Pepe (idem)
1960: Quem Era Aquela Pequena (Who Was That Lady).....Mais informações
1960: Psicose (Psycho).....Mais informações
1962: Sob o Domínio do Mal (The Manchurian Candidate).....Mais informações
1963: Esposas e Amantes (Wives and Lovers).....Mais informações
1963: Adeus Amor (Bye Bye Birdie).....Mais informações
1965: O Espião de Chapéu Verde (The Spy with a Green Hat)
1966: Três em um Sofá (Three on a Couch).....Mais informações
1966: Harper, o Caçador de Aventuras (Harper).....Mais informações
1966: Kid, O Valente (Kid Rodelo)
1966: Eu Te Verei no Inferno, Querida (An American Dream)
1967: A Qualquer Preço (Ad ogni costo)
1969: Uma Casa como Poucas (Hello Down There)
1969: Lua de Mel com Um Estranho (Honeymoon with a Stranger)
1972: Esposas Abandonadas (One is a Lonely Number)
1972: A Noite dos Coelhos (Night of the Lepus)
1977: Crime na Decisão (Murder at the World Series)
1979: Flores e Espinhos (Boardwalk)
1980: A Bruma Assassina (The Fog)
1997: À Sombra Do Passado (In My Sister's Shadow)
1998: Halloween H20 - Vinte Anos Depois (Halloween H20: Twenty Years Later)


BR Busca JS - Busca
Banco de Dados
Para uma resposta mais rápida, utilize aspas na consulta, exceto quando tiver dúvida com relação à grafia do nome
Janet Leigh
  Se você gostou, compartilhe esta página no Facebook
• fechar janela •