A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z

Janis Joplin


Cantora pop norte-americana com grande domínio sobre a plateia jovem da década de 60. Motivo de grande perplexidade para seus conterrâneos mais conservadores, pelo comportamento extremamente liberal para a época, acabou por transformar-se em musa dos contestadores. Com sua personalidade completamente instável e com sua voz extraordinária, Janis Joplim é, sem dúvida, um dos ícones do rock do final dos anos 60.

A grande lady da música negra americana, embora fosse branca e nascida no Texas, cresceu ouvindo Bessie Smith e Leadbelly, começando a cantar country e blues em 1960. Sua história começou em São Francisco, quando alguém sugeriu ao guitarrista Sam Andrew, líder do conjunto Big Brother and Holding Company, a contratação de uma vocalista, em 1966. Uma noite, ele encontrou Janis cantando blues num café desconhecido. Logo depois, os fãs do grupo perceberam que uma voz excepcional explodia nas apresentações. Foi então que gravou "Summertime", de Gershwin, incluída no disco "Cheap Thrills".

Em 1967, em uma apresentação em Monterrey a atuação de Janis contagiou a plateia e a gravadora Columbia Records. A partir de então, a crítica, impressionada com sua voz rouca e com suas performances sensuais, nunca mais a esqueceu, passando a ser considerada como uma das melhores vocalistas de toda a história do rhythm and blues. No ano de 1969, Janis ingressou uma carreira solo, que não duraria muito tempo. Bebia e usava muita heroína, era um pessoa inconstante. Ia da euforia ao desespero em fração de segundos.

Foi processadas várias vezes por dizer palavrões em seus shows. Certa vez, presa por ficar nua em uma de suas apresentações, defendeu-se: "Eu não quis ficar nua, exatamente. Apenas fui sentindo a música me possuindo. Alguma coisa assim como se eu estivesse me transformando numa outra pessoa, outra coisa, sei lá. As guitarras explodem atrás de mim, não havia como não explodir também". Janis e Jimi Hendrix eram considerados os verdadeiros representantes da música pop-hippie da gloriosa década de 60.

A vida inquietante da cantora foi transformada em roteiro de filme que marcou a estreia de Bete Midler no cinema, "A Rosa" (the Rose, 1979). Como a maioria dos astros dessa época, teve um carreira curta, movida por álcool e drogas. Talvez por ter alcançado a fama ainda jovem, de maneira inesperada e rápida. Dias após ter lançado seu álbum "Pearl" (era seu apelido entre amigos), foi encontrada morta, num quarto de Hotel em Hollywood, devido a overdose de heroína. Foram gravados vários álbuns póstumos, coletâneas e documentários.

Os fãs de Janis ainda se comovem com sua morte triste e precoce, mas nunca deixaram sua voz rouca e apaixonada ser esquecida. Discografia: "Big Brother And The Holding Company" (1967), "Cheap Thrills" (1968), "I Got Dem Ol 'Cozmic Blues Again Mama!" (!969), "Pearl" (1970), "In Concert" (duplo ao vivo, de 1972), "Greatest Hits" (1973), "Janis" (duplo com a trilha do filme, 1975), "Farwell Songs" (1982), "18 Essential Songs" (1995). Janis Joplin faleceu aos 28 anos, em 4 de outubro de 1970. Janis Joplin não comentava sobre sua bissexualidade, mas era conhecida por ter relações com homens e mulheres.

Veja mais fotos de Janis Joplin: Foto 01   Foto 02

BR Busca JS - Busca
Banco de Dados
Para uma resposta mais rápida, utilize aspas na consulta, exceto quando tiver dúvida com relação à grafia do nome
• fechar janela •