A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z

Jeanette MacDonald


Extraordinária lenda da música e do cinema americanos, Jeanette MacDonald foi a mais bem sucedida soprano da história de Hollywood. Nascida em Filadélfia, Pensilvânia, sua popularidade no mundo inteiro deveu-se principalmente à graça e ao encanto do seu talento inigualável de cantora e atriz. A opereta é um gênero virtualmente morto, que nos anos 30, no entanto, mobilizou multidões. O parceiro mais habitual de Jeanette MacDonald, a grande musa do gênero, foi Nelson Eddy. Ela foi a caçula das três filhas de Daniel e Anna Wright MacDonald. Em tenra idade, se formou no sapateado em frente ao espelho em aulas de dança com a Al White, e imitava as gravações de óperas de sua mãe em aulas de canto com Wassil Leps. Apresentou-se em igrejas e escolas, e começou a excursionar com shows infantis.

Em novembro de 1919, MacDonald se juntou à irmã mais velha, Blossom, em Nova York, e conseguiu um emprego no coro da NED Wayburn's Demi-Tasse Revue, um entretenimento musical entre filmes apresentados no Capital Theatre na Broadway. Na primeira fase dos filmes sonoros, de 1929 a 1930, MacDonald atuou em seis produções, as quatro primeiras para os estúdios da Paramount. Durante os anos 1930 e 1940, ela estrelou 29 filmes, quatro indicados ao Oscar de Melhor Filme ("Alvorada do Amor", "Uma Hora Contigo", "Oh, Marieta!" e "São Francisco, a Cidade do Pecado"), e fez várias gravações, ganhando três discos de ouro. Posteriormente, ela apareceu em óperas, concertos, rádio e televisão. Jeanette MacDonald faleceu aos 61 anos, em 14 de janeiro de 1965.

MacDonald teve cinco rumorosos romances. O primeiro foi o magnata Jack Ohmeis, de 1922 a 1927. Ficaram noivos em 1926 mas a família dele era contra o casamento com um atriz. Ironicamente, a família de Ohmeis perdeu sua fortuna em 1929 devido à quebra da bolsa e MacDonald mais tarde acabou emprestando dinheiro a ele. MacDonald em seguida namorou Irving Stone, este era sobrinho do fundador do "The Boston Store" e trabalhava nos negócios da família. Não se sabe muito sobre este romance, exceto pelas centenas de cartas de amor escritas por ela e que foram encontradas em seu apartamento após sua morte. Em 1928 Robert George Ritchie se tornou empresário e noivo de MacDonald. Ficaram juntos até 1935. Embora MacDonald negasse ter se casado com ele, sempre escrevia a ele como "meu querido marido". Em 1931 MacDonald escreveu a Irving Stone que ela estava noiva de Ritchie. O sobrinho de Ritchie e o restante da família reclamaram que houve um casamento entre Ritchie e MacDonald e que foi anulado, possivelmente no Havaí, em 1935. Nunca se soube com certeza deste fato.

O romance com Bob Ritchie começava a desaparecer quando MacDonald se tornou muito amiga de Nelson Eddy em 1933. Em janeiro de 1934 eles estrelaram "Naughty Marietta". Eles namoraram dentro e fora das telas durante 1934 mas depois de 1935, Eddy se tornou mais persistente com o objetivo de se casar com ela. O problema estava no fato dele querer que ela se aposentasse e virasse dona de casa, mas MacDonald preferiu sua carreira em primeiro lugar. Sempre brigaram muito a respeito disso e terminaram em 1935. Mais tarde no mesmo ano MacDonald conheceu o ator Gene Raymond numa festa e começou a namorar com ele.

Durante o verão de 1935, MacDonald reatou o romance com Eddy quando começaram a filmar "Rose Marie". MacDonald mais tarde disse que foi "o verão mais feliz da minha vida". Secretamente ficaram noivos. Depois MacDonald engravidou e foi obrigada pelo chefão da MGM, Louis B. Mayer, a fazer um aborto. Por causa disso, Eddy terminou o relacionamento. Em junho de 1937, MacDonald se casou com Gene Raymond numa cerimônia tradicional na Igreja Metodista de Wilshire em Los Angeles. Permaneceram casados até a morte dela. De acordo com algumas fontes jornalísticas, Gene Raymond teve inúmeros casos com homens e o casamento deles era problemático. MacDonald chegou a falar sobre isso numa autobiografia não publicada, onde mencionou diversas separações e problemas conjugais.


Filmografia
1929: Alvorada do Amor (The Love Parade)
1930: Monte Carlo (idem)
1930: Paramount em Grande Gala (Paramount on Parade)
1932: Ama-me Esta Noite (Love Me Tonight).....Mais informações
1932: Uma Hora Contigo (One Hour with You)
1934: A Viúva Alegre (The Merry Widow)
1935: Oh, Marieta! (Naughty Marietta)
1936: Rose Marie (idem)
1936: São Francisco, a Cidade do Pecado (San Francisco)
1937: O Vagalume (The Firefly)
1937: Primavera (Maytime)
1938: Princesa do Eldorado (The Girl of the Golden West)
1939: Balalaika (idem)
1939: Serenata da Broadway (Broadway Serenade)
1940: Divino Tormento (Bitter Sweet)
1940: Lua Nova (New Moon)
1941: O Amor que Não Morreu (Smilin' Through)
1942: Cairo (idem).....Mais informações
1942: Casei-me com um Anjo (I Married an Angel)
1944: Epopéia da Alegria (Follow the Boys)
1948: Três Filhas Levadas (Three Daring Daughters)
1949: Sol da Manhã (The Sun Comes Up)
1976: Isto Também Era Hollywood (That's Entertainment Part 2)
1994: Era Uma Vez em Hollywood! III (That's Entertainment III)


BR Busca JS - Busca
Banco de Dados
Para uma resposta mais rápida, utilize aspas na consulta, exceto quando tiver dúvida com relação à grafia do nome
• fechar janela •
Jeanette MacDonald e Maurice Chevalier em "Alvorada do Amor" (1929)