A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z

Jeanne Crain


Jeanne Crain nasceu na cidade norte-americana de Barstow, Califórnia, em 25 de maio de 1925. Filha de um professor de Inglês do ensino médio e sua esposa, Jeanne mudou-se com a família para Los Angeles logo após seu nascimento - seu pai começava uma nova posição de ensino naquela cidade. Enquanto no colégio, Jeanne atuou em uma produção da escola que colocou-a na carreira de intérprete.

Depois de cursar a escola secundária, Jeanne se matriculou na UCLA para estudar drama. Com 18 anos, Jeanne ganhou um papel no filme da Fox Studio's, "Entre a Loura e a Morena" (The Gang's All Here, 1943), e um pequeno contrato. Depois participou de "Home in Indiana" (1944), filmado em Kentucky no ano seguinte. O filme era um golpe inquestionável. Em virtude daquele sucesso de bilheteria, Jeanne estava determinada a ganhar um aumento, como Maggie Preston, no próximo filme de 1944, "Por Enquanto, Querida" (In the Meantime, Darling, 1944). Os críticos não gostaram do filme, mas souberam separar o desempenho de Jeanne em particular. Seu papel no último filme do ano, "Encontro nos Céus" (Winged Victory, 1944), repercutiu bem. As plateias adoraram e o filme rendeu mais do que o esperado.

Em 1945, Jeanne fez parte do elenco de "Corações Enamorados" (State Fair, 1945) como Margie Frake, a moça que viaja à feira e se apaixona por um repórter (Dana Andrews). Jeanne consegue reconhecimento e um contrato maior. Depois daquele ano, Jeanne se casou Paul Brooks na véspera de ano novo. Embora sua mãe não ser a favor do matrimônio, a união foi duradoura, e Jeanne deu a luz a sete filhos. No ano de 1947 Jeanne deixou sua vida de atriz, para cuidar de seu primeiro filho.

Em 1949, Jeanne só apareceu em três filmes, "Quem é o Infiel?" (1949), "O Leque da Lady Windermere" (1949), e "O Que a Carne Herda" (1949). Era este filme posterior que lhe propiciou um Oscar de Melhor Atriz para o papel dela como Pinky Johnson, uma enfermeira que monta uma clínica no Sul. Ela perdeu para Olivia de Havilland, por seu trabalho em "A Herdeira" (1949). Jeanne deixou a Fox Studios depois de filmar "Vicki" (1953), com Jean Peters. Ela tinha feito 23 filmes para o estúdio que deu início a carreira dela, mas precisava de uma bem merecida mudança. Como qualquer bom artista, Jeanne quis ampliar sua fama em vez de jogar tudo para o ar e levar a fama de garota tímida.

Ela entrou brevemente para Warner Brothers para a filmagem em "Duelo na Selva" (1954). O filme era bom mais não o suficiente. Jeanne, então, assinou um contrato que no mesmo ano com a Universal Studios com promessas de papéis de melhores perfis, e altos escalões. Ela estrelou o filme "Homem sem Rumo" (1955), que foi um golpe com as audiências e críticos. Depois "Chorei por Você" (1957), e neste mesmo ano, Jeanne se dedicou a família e só teve tempo de aparecer em alguns programas de televisão. Ela retornou, brevemente, para filmar em "Gigantes em Luta" (1960). Em 1967, ela apareceu em um filme de baixo-orçamento chamado "83 Quilômetros de Terror" (1967). Jeanne Crain faleceu aos 78 anos, em 14 de dezembro de 2003.


Filmografia
1943: Entre a Loura e a Morena (The Gang’s All Here)
1944: Encontro nos Céus (Winged Victory)
1944: Por Enquanto, Querida (In the Meantime, Darling)
1945: Amar Foi Minha Ruína (Leave Her to Heaven).....Mais informações
1945: Corações Enamorados (State Fair)
1946: Noites de Verão (Centennial Summer)
1946: Margie (idem).....Mais informações
1948: Quem é o Infiel? (A Lettter to Three Wives).....Mais informações
1949: O Leque da Lady Windermere (The Fan)
1949: O Que a Carne Herda (Pinky).....Mais informações
1950: Papai Batuta (Cheaper by the Dozen)
1951: Dizem que é Pecado (People Will Talk)
1951: A Modelo e a Casamenteira (The Model and the Marriage Broker)
1952: A Família do Gênio (Belles on their Toes).....Mais informações
1953: Cidade do Mal (City of Bad Men)
1954: Duelo na Selva (Duel in the Jungle)
1955: Homem sem Rumo (Man Without a Star).....Mais informações
1955: Eles Casam com as Morenas (Gentlemen Marry Brunettes)
1955: Sua Excelência, o Sexo (The Second Greatest Sex)
1956: Gatilho Relâmpago (The Fastest Gun Alive).....Mais informações
1957: Chorei por Você (The Joker is Wild).....Mais informações
1960: Gigantes em Luta/Gigantes em Duelo (Guns of the Timberland)
1961: Começou em Tóquio (Twenty Plus Two).....Mais informações
1967: 83 Quilômetros de Terror (Hot Rods to Hell)
1972: Vôo 502 em Perigo (Skyjacked).....Mais informações


BR Busca JS - Busca
Banco de Dados
Para uma resposta mais rápida, utilize aspas na consulta, exceto quando tiver dúvida com relação à grafia do nome
• fechar janela •
Cary Grant e Jeanne Crain em "Dizem que é Pecado" (1951)