A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z

Jimi Hendrix


Cantor e guitarrista de rock, alcançou notável popularidade com o álbum "Are You Experienced" (Você Está Iniciado?), transformado em sucesso imediato. Jimi personificou mais do que ninguém o herói da guitarra. Usando o feedback e a distorção, entre outros recursos sonoros, ele expandiu os horizontes musicais do instrumento a limites inimagináveis na década de 60. Em apenas quatro anos de carreira, Jimi revolucionou o cenário do rock’n roll com sua maneira singular de produzir sons através da guitarra. A partir dele, efeitos antes tidos como incorretos, como a microfonia, passaram a ser considerados músicas.

Jimi Hendrix apresentou-se no Festival de Woodstock em 1969, um evento que marcou época e consagrou diversos artistas. Com seu estilo próprio de tocar blues, agressivo e ao mesmo tempo sensual, acabou conquistando por definitivo a plateia jovem que predominava em suas performances. James Marshall Hendrix nasceu em Seattle, Washington, tendo se tornado órfão de mãe aos dez anos. Estudou gaita de boca, violino e, aos doze anos, seu pai presenteou-o com uma guitarra elétrica. Aos 14 anos já animava bailes ao lado dos Rocking Kings.

Autodidata, Jimi criou um estilo pouco ortodoxo ao tocar uma guitarra direita com a canhota. Nessa época, é expulso do colégio ao ser pego de mãos dadas com uma garota branca na sala de aula. Em 1963, alistou-se como pára-quedista numa base aérea do Tennessee e, no ano seguinte, acidentou-se e foi dispensado, acabando por livrar-se do Vietnã. Começa sua carreira tocando com o grupo Isley Brothers, transfere-se para a banda do Little Richard e depois excursiona com Ike & Tina Turner Revue. Em 1966, pediu demissão e passou a tocar sozinho em barzinhos novaiorquinos.

Numa dessas apresentações, foi visto por Chas Chandler, baixista do grupo Animals, que o convenceu a ir para Londres. Ao lado de Noel Redding e Mitch Mitchell formam o Experience e o trio se torna uma das maiores sensações do movimento psicodélico. Em pouco tempo, o rejeitado da América torna-se o favorito do Velho Mundo e transforma-se num fenômeno, ao revelar todos os seus truques (tocava com o dente, atrás das costas, fazia o impossível!). Até que, em 1967, ele volta para os Estados Unidos e é um estrondoso sucesso. O jornal The New York Times o chama de Elvis Negro.

Hendrix se apresenta no Festival Monterey Pop e finalmente consagra-se em seu país. Com a energia selvagem que emanava do som de sua guitarra, Jimi conquistou corações e mentes da plateia hippie que predominou durante todo o evento. Duas das maiores sensações da música americana deste século conheceram seu momento de glória nesse festival, encerrando suas carreiras de forma idêntica e ao mesmo tempo: Jimi Hendrix e Janis Joplin. Adepto do estilo de vida auto-destrutivo dos anos 60, Hendrix morreu asfixiado com seu vômito por causa de uma overdose de álcool e barbitúricos. Assim como outras figuras mitológicas, Janis Joplim, Jim Morrison, Elvis Presley, entre outros, sua vida e obra são exploradas até os dias de hoje.

Desde sua morte, mais de 100 lançamentos póstumos foram colocados no mercado e calcula-se que por ano são vendidos mais de 3 milhões de discos de sua autoria. Hendrix deixou milhares de seguidores que por sua vez vão transmitindo a idolatria aos mais novos. Hoje, é comum ver jovens com menos de vinte anos fanáticos por suas músicas, sua vida e sua história. Assim, em sua curta carreira, Jimi Hendrix foi, e continua sendo, aclamado por plateias de todas as idades. É considerado um deus da guitarra, que deixou sua marca jovem, bonita e genial na história do rock. Jimi Hendrix faleceu aos 28 anos, em 18 de setembro de 1970.

BR Busca JS - Busca
Banco de Dados
Para uma resposta mais rápida, utilize aspas na consulta, exceto quando tiver dúvida com relação à grafia do nome
• fechar janela •