A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z


John Forsythe, nome artístico de John Lincoln Freund, nasceu na cidade norte-americana de Penn's Grove, New Jersey, em 29 de janeiro de 1918, e ficou famoso mundialmente pelos seriados de TV "Dinastia" e "As Panteras". Sua carreira começou na década de 40, e incluiu peças de teatro e a participação em filmes do diretor Alfred Hitchcock - "O Terceiro Tiro" (1955), ao lado da estreante Shirley MacLaine, e "Topázio" (1969).

Com uma carreira de mais de cinco décadas, Forsythe começou seus trabalhos em Nova York na Broadway, em peças teatrais e em programas de TV como "Studio One". Sua carreira artística foi interrompida com a II Guerra Mundial, quando ele se alistou na Força Aérea norte-americana e chegou a aparecer no show das tropas "Winged Victory" (Nas Asas da Vitória). Em 1947, Forsythe integrou a primeira turma de estudantes do prestigiado Actors Studio, onde conheceu outros jovens promissores atores, incluindo Marlon Brando e Julie Harris, com quem veio a se casar. Durante esse tempo ele participou na Broadway de "Mister Roberts" e "A Casa de Chá do Luar de Agosto".

Em 1947, após prestar serviço militar durante a 2ª Guerra Mundial, John decidiu estudar arte dramática no Actor’s Studio em New York. Nessa época, ele substituiu o ator Arthur Kennedy na montagem de “All My Sons”, de Arthur Miller, que chamou a atenção da crítica. Depois ele substituiria Henry Fonda na montagem de “Mister Roberts”. Quando estrelou a peça “Casa de Chá do Luar de Agosto”, John chamou a atenção de caçadores de talento de Hollywood.

Entre 1940 e 1950, John teve participações em vários teleteatros ao vivo produzidos em Nova York. Ao partir para Hollywood, o ator continuou a fazer participações em produções ao vivo da TV. Em 1955, John trabalhou com Alfred Hitchcock no filme “O Terceiro Tiro/ The Trouble with Harry”, mas o sucesso da comédia de humor negro não o levou a conseguir novos trabalhos no cinema. Hitchcock o chamou para o um episódio de “Alfred Hitchcock Apresenta”, no mesmo ano, e, na época, teria lhe sugerido a ficar na televisão. Assim, John voltou a fazer participações especiais em teleteatros até ser escolhido para estrelar a série “The Bachelor’s Wife”. Produzida entre 1957 e 1962, a série deu ao ator a popularidade que precisava. Na série, ele interpretou um advogado solteirão que adota sua sobrinha quando esta fica órfã.

O ator mudou-se para Los Angeles na década de 80 e iniciou sua participação na TV, onde a associação com o produtor de Hollywood Aaron Spelling levou-o ao papel do magnata do petróleo Blake Carrington, no popular seriado "Dinastia" (1981-1989), que estrelou ao lado da atriz britânica Joan Collins. O papel rendeu-lhe dois prêmios Globo de Ouro e três indicações para o Emmy.

Forsythe não foi o primeiro ator a ser lembrado para desempenhar o papel de Blake Carrington na série para televisão "Dinastia" (1981). George Peppard foi chamado em primeiro lugar mas, devido a choque de opiniões com os autores da série, ele abandonou a produção na primeira semana de filmagens. Forsythe foi chamado para uma entrevista e em seguida escalado para o papel. Forsythe conquistou um novo público ao viver a voz de Charlie, o misterioso chefe das jovens investigadoras que estrelavam o seriado "As Panteras" (1976-1981).

Casado durante 51 anos com Julie Warren, (20 de outubro de 1919 - 15 de agosto de 1994), ela morreu aos 74 anos de idade, em seu quarto de hospital, após Forsythe ter tomado a decisão de desligar o seu sistema de suporte à vida. Ela estava em coma em consequência de dificuldades respiratórias. Em 2002, o ator casou-se com a empresária Nicole Carter, vinte e dois anos mais jovem, tendo permanecidos casados até sua morte.

Forsythe trabalhou em mais de 20 filmes, um deles ao lado de Lana Turner, "Madame X" (1966). O ator também esteve presente em mais de 30 seriados produzidos para a televisão norte-americana. Ele acumulava 60 anos de carreira, de 1943 a 2003, quando participou de seu último filme, "As Panteras Detonando". John Forsythe faleceu aos 92 anos, por complicações de pneumonia, em 1º de abril de 2010. Em 2006 o ator foi diagnosticado com câncer de cólon, entrando em fase terminal em 2009.

O primeiro problema grave de saúde do ator ocorreu ainda nos anos 70. Tendo nascido com problemas nas artérias, John sofreu de vários distúrbios cardíacos, os quais foram solucionados depois que ele se submeteu a uma cirurgia para implatar um marcapasso quádruplo em 1979. Entre suas paixões estavam as obras de arte e os cavalos de corrida. Dono de cavalos e participante de vários torneios, John chegou a fazer parte da diretoria do Hollywood Park Racetrack.

Veja outra foto de John Forsythe


Filmografia
1943: Perseguidos (Northern Pursuit)
1952: Cidade Cativa (Captive City)
1953: A Fuga do Forte Bravo (Escape from Fort Bravo)
1953: O Amor Resolve Tudo (It Happens Every Thursday)
1953: O Crime da Semana (The Glass Web)
1955: O Terceiro Tiro (The Trouble with Harry)
1956: A Filha do Embaixador (The Ambassador’s Daughter)
1956: O Estopim do Escândalo (Everything But the Truth)
1959: O Vingador (Il vendicatore)
1964: Anjo do Diabo (Kitten with a Whip)
1966: Madame X (idem)
1967: A Sangue Frio (In Cold Blood)
1968: Sombras Sobre a Terra (Shadow on the Land)
1969: Topázio (Topaz)
1969: Tempo Para Amar, Tempo Para Esquecer (The Happy Ending)
1969: Sem Rumo no Espaço (Marooned)
1973: As Cartas (The Letters) - TV
1974: Terror na Torre (Terror on the 40th Floor)
1978: Agente Duplo (Goodbye e Amen)
1978: Cruzeiro do Terror (Cruise Into Terror) - TV
1979: Justiça para Todos (And Justice for All)
1981: A Dinastia da Morte (Dinasty)
1988: Os Fantasmas Contra-Atacam (Scrooged)
2000: As Panteras (Charlie's Angels) - voz
2003: As Panteras Detonando (Charlie's Angels: Full Throttle) - voz


BR Busca JS - Busca
Banco de Dados
Para uma resposta mais rápida, utilize aspas na consulta, exceto quando tiver dúvida com relação à grafia do nome
John Forsythe
  Se você gostou, compartilhe esta página no Facebook
• fechar janela •