A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z


John Benjamin Ireland, ou simplesmente John Ireland, nasceu na cidade canadense de Vancouver, em 30 de janeiro de 1914, e foi criado em Nova York a partir dos 18 anos. Alto, magro e ex-nadador profissional, ele iniciou na carreira em papéis menores nos teatros da Broadway e excursionou com montagens de Shakespeare no final dos anos 30 e início de 40 antes de entrar no cinema em meados dos anos 40. John Ireland atuou em mais de 150 filmes, alguns deles de grande importância na história do cinema e como verdadeiro globe-trotter, rodou o mundo filmando em inúmeros países e ainda encontrou tempo para atuar bastante na televisão.

Filho de um criador de cavalos e de uma professora, quando John era ainda criança seus pais se mudaram para São Francisco, na Califórnia e posteriormente para Nova York. Excelente nadador, John Ireland foi contratado por uma companhia que se exibia artisticamente em piscinas. Em 1940 John se casou com a atriz de teatro Elaine Ruth Gudman, com quem teve dois filhos. Alto e com feições expressivas, John foi notado junto da esposa e convidado a atuar em teatro, chegando à Broadway aos 28 anos, em 1942, estreando num pequeno papel numa encenação de “Macbeth”. John Ireland prosseguiu na Broadway atuando em diversas peças, entre elas outra de Shakespeare, “Ricardo III”, até que finalmente foi levado para Hollywood, tendo estreado nas telas em 1945.

Fez sua estreia no cinema como o amável tenente Windy, no filme "Um Passeio Ao Sol" (1945), estrelado por Dana Andrews. Seguiu-se "Wake Up and Dream", em 1946. Depois de alguns trabalhos obscuros veio a grande chance para John Ireland ao interpretar Billy Clanton em "Paixão dos Fortes", que obteve razoável sucesso de público. Um notável ator coadjuvante em vários westerns de John Ford ("Paixão dos Fortes", 1946) e de Howard Hawks ("Rio Vermelho", 1948) ele foi indicado a um Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por seu forte desempenho como Jack Burden, o repórter de jornal no filme "A Grande Ilusão" (1949), fazendo dele o primeiro ator nascido em Vancouver a receber uma indicação ao Oscar.

A reputação de Ireland na época era de um mulherengo incorrigível e Howard Hawks incluiu a famosa cena com Ireland e Montgomery Clift em "Rio Vermelho" (1948), onde eles comparam maliciosamente o tamanho de suas armas com seus dotes físicos. Seu nome foi mencionado na imprensa da época em conexão com muitas atrizes mais jovens, como Natalie Wood, Barbara Payton e Sue Lyon. Quando conheceu atriz Tuesday Weld, ela tinha 16 anos e ele tinha 45.

O cômico Milton Berle, o ator Dan Dailey e o band-leader Artie Shaw eram conhecidos na comunidade hollywoodiana pelo exagerado tamanho de seus membros fálicos. John Ireland teve seu nome acrescentado a esse grupo o que fez com que ele passasse a ser disputado por starlets e mesmo por atrizes conhecidas que com ele queriam manter um affair amoroso. Tantas foram as aventuras extraconjugais de John que sua esposa Elaine requereu divórcio em 1948. No entanto o ator voltaria, em 1949, a se casar, desta vez com Joanne Dru, atriz que conheceu durante as filmagens de "Rio Vermelho". Os padrinhos de casamento foram Barbara Ford (filha de John Ford), Gregory Peck e Mel Ferrer.

Ireland e Joanne Dru estavam na casa de Mark Stevens comemorando a data da independência norte-americana em 4 de julho de 1956 quando o casal se desentendeu. Alcoolizado, John agrediu Joanne com socos quebrando-lhe o nariz e deixando a atriz com os dois olhos pretos e inchados, sendo ela internada no hospital Cedar of Lebanon. Durante sua recuperação Joanne deixou claro que não voltaria a viver com John e este desesperado apanhou um pote de pílulas e ameaçou engoli-las, o que efetivamente fez, tendo também de permanecer como paciente no mesmo hospital para se curar da agressão causada ao próprio estômago. Tanto John quanto Joanne negaram a agressão para a imprensa, mas os fatos que ficaram foi mesmo a reação violenta de Ireland. Depois disso o casal se separou definitivamente.

Fãs de faroestes conhecem bem o ator canadense John Ireland, nascido há cem anos atrás. Em 1946 como um dos irmãos Clantons John Ireland fez seu primeiro western, sendo dirigido por John Ford, em "Paixão do Fortes". Seguiu-se a participação importante em "Eu Matei Jesse James" (Red River), de Samuel Fuller, lançado apenas em 1949. Melhor apresentação que essa para um ator seria impossível e mesmo assim, apesar de alguns papéis principais, John Ireland nunca chegou a ser um verdadeiro astro como seu início de carreira indicava. Mas seu olhar sinistro, cínico e ameaçador impressionou o público em muitos faroestes e filmes policiais, além de vários westerns-spaghetti. Pelos tantos e excelentes filmes nos quais atuou Ireland merece ser lembrado na data do centenário de seu nascimento. John Ireland morreu de leucemia aos 78 anos, em 21 de março de 1992.

Filmografia
1945: Um Passeio Ao Sol (A Walk In The Sun)
1946: Paixão dos Fortes (My Darling Clementine).....Mais informações
1946: Audácia de Criminoso (Behind Green Lights)
1946: Uma Aventura na Noite (Somewhere in the Night) - voz
1946: Vida de Cachorro (It Shouldn't Happen to a Dog)
1946: Desperte e Sonhe (Wake Up and Dream)
1947: O Destino Se Repete (Repeat Performance)
1947: A Face do Perigo (Railroaded!)
1948: Cinzas do Passado (I Love Trouble)
1948: Pisando em Brasas (A Southern Yankee)
1948: Joana D'Arc (Joan of Arc)
1948: O Gângster/Guerra entre Gângsters (The Gangster)
1948: Rio Vermelho (Red River)
1948: Entre Dois Fogos (Raw Deal)
1949: Eu Matei Jesse James (I Shot Jesse James)
1949: A Grande Ilusão (All the King's Man).....Mais informações
1949: A Vida é um Jogo (Mr. Soft Touch)
1949: Sete Homens Maus/Areias Movediças (The Walking Hills)
1951: Massacrados (Little Big Horn)
1951: O Último Caudilho (Red Mountain)
1951: Ousadia Selvagem (Vengeance Valley)
1952: Guerrilheiros do Sertão (The Bushwackers)
1952: A Rebelião dos Piratas (Hurricane Smith)
1954: Os Bons Morrem Cedo (The Good Die Young).....Mais informações
1954: Alta Traição (Security Risk)
1954: Areias do Inferno (Southwest Passage)
1955: Os Amores Secretos de Eva (Queen Bee)
1956: A Lei dos Brutos (Gunslinger)
1957: Sem Lei e sem Alma (Gunfight at the OK Corral).....Mais informações
1958: A Bela do Basfond (Party Girl)
1960: Spartacus (idem).....Mais informações
1961: Coração Rebelde/Herança de Um Enforcado (Wild in the Country).....Mais informações
1963: 55 Dias em Pequim (55 Days at Peking).....Mais informações
1963: Cerimônia Macabra (The Ceremony)
1964: A Queda do Império Romano (The Fall of the Roman Empire).....Mais informações
1965: Eu Vi que Foi Você (I Saw What you Did).....Mais informações
1968: Ódio por Ódio (Hate for Hate/Odio per Odio)
1968: Pistoleiros do Arizona (Arizona Bushwhackers).....Mais informações
1972: A Grande Fuga do Comunismo (Escape to the Sun)
1977: Resgate (The Ransom)
1975: O Último dos Valentões (Farewell, My Lovely)
1977: O Amanhã Não Virá (Tomorrow Never Comes)
1978: Os Milionários (The Millionaire)
1980: Kavik, o Cão Lobo (Kavik, the Wolf Dog)
1980: Os Amores de Marylin (Marilyn: The Untold Story) - TV
1982: A Força do Mal (Incubus)
1984: Martin's Day (idem)
1987: A Noite dos Horrores (Terror Night)
1988: Bonanza - A Nova Geração (Bonanza: The Next Generation)
1988: Mensageiro da Morte (Messenger of Death)
1991: O Enigma do Cemitério (The Graveyard Story)


BR Busca JS - Busca
Banco de Dados
Para uma resposta mais rápida, utilize aspas na consulta, exceto quando tiver dúvida com relação à grafia do nome
John Ireland
  Se você gostou, compartilhe esta página no Facebook
• fechar janela •